Como coisas simples podem fazer alguém feliz

Há, coisas simples que pelo impacto que provocam nos intervenientes, estes jamais as esquecerão.

Nas vésperas de Natal do ano que há pouco terminou, entenderam as catequistas que ministram catequese na capela de Molianos “e a meu ver bem,” levarem as crianças a visitar alguns idosos, em particular aqueles que se encontram só, em que um dos cônjuges já faleceu. As crianças, para além de proporcionarem momentos de rara felicidade aos idosos que visitaram, oferecendo bolos e cantando versos alusivos à época. Contribuíram para ajudar a minimizar alguns momentos menos bons, que não raramente a solidão que a idade e ausência sempre provocam, os leva a pensar muitas vezes, porquê… tantos sacrifícios ao longo da vida se agora sou votado ao esquecimento.

Também as crianças, para além de não esquecerem aqueles momentos de convívio com os idosos. Se continuarem a ser alertadas para os problemas com que os mais velhos se confrontam nos tempos em que vivemos, poderão no futuro, vir a ser uma geração mais atenta e interessada por aqueles, a quem o peso dos anos tantas vezes confina ao seu espaço. Se não tiverem alguém que os visite, serão muitos os momentos em que terão por companhia… apenas a tristeza.

É de realçar e agradecer aos mentores a ideia que tiveram. Pois são estas pequenas coisas que tantas vezes, fazem a diferença e contribuem, para proporcionar momentos de felicidade aqueles que há muito entraram no Outono da vida e, já não é muito o que dela esperam.

António EJ Ferreira. 5/1/2013

Anúncios