Estive lá contigo

Hoje pela manhã passei na tua rua vi-te no jardim, não sei se estavas, mas eu estive lá contigo…

Ah, quem me dera! Quem me dera que a imaginação fosse a verdade que me prende a onde não estou.

Serias a minha insubstituível companhia, assim também és… mas continuo a andar só.

Certamente não via o que hoje a minha vista alcança. Não sei o que faria, mas a felicidade estaria sempre comigo.

O amor que a ti me prende seria como o sol, não mais me deixaria ao frio, e a esperança seria luz onde não teria lugar a escuridão.

AEJF