Penedo do Rosa

 

Nos Molianos, nos fins do século dezanove, foi colocado na berma da estrada Maria Pia uma pedra grande, quase redonda.  Com o passar do tempo ficou conhecida por penedo do Rosa, o nome porque era conhecido o dono da casa e respetivo quintal junto ao qual a mesma foi colocada.

Foi levada para aquele sítio, por altura da construção de uma das casas mais antigas que ficava ali próximo. Naquela época não era possível dar-lhe outro aproveitamento, assim,  deixou de ser um objeto pouco desejável junta à nova casa.

2014-06-19 penedo do rosa 004

 

Durante muito tempo o penedo do Rosa foi um ponto de referência para as pessoas da terra.

— Espera por mim junto ao penedo do Rosa—, eles foram vistos a chegar ao penedo —, a água era tanta que a seguir ao penedo  parecia um rio, etc.

Por vezes, os tintos em dias especiais “faziam” aumentar a força à rapaziada nova, estes juntavam-se e várias  vezes  tentaram remover o penedo, mas tais tentativas nunca resultaram.

Quando a estrada Maria Pia foi alcatroada pela primeira esteve para ser dali retirado, o que não agradou a algumas pessoas mais idosas que exigiram que ali continuasse, exigência que foi aceite.

Passados alguns anos naquele sítio foi colocado um poste de suporte de linhas de energia elétrica, esteve uma vez mais para ser removido, já estava prestes a sair com destino desconhecido, também desta vez algumas pessoas entenderam que o penedo tinha de continuar por ali e lá ficou.

Só, que por essa altura  mudou de sítio, mas apenas para cerca de cinco metros do local onde esteve várias dezenas de anos.

Se no passado foi um dos pontos de maior referência na nossa aldeia, atualmente já poucos falam no penedo. Os mais velhos foram esquecendo, os mais novos nem sequer dele ouviram falar, ou não deram importância ao que ouviram. Agora, apesar de continuar na berma da estrada já ninguém repara na sua presença.

Também na vida das pessoas não raramente assim acontece, com o passar do tempo e o chegar da velhice, para a maioria o esquecimento é quase sempre o destino final.

António EJ Ferreira

 

 

 

 

Anúncios


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s